terça-feira, janeiro 31, 2006

Marisqueira Chinesa

Marisqueira Chinesa-Rua Bernardo Lima 48-B Lisboa-Tlf: 213140726

sexta-feira, janeiro 27, 2006

Feliz,Feliz

Novidade fresquinha no Miss Xangai

terça-feira, janeiro 24, 2006

Nova Música

(The Wolf Man, George Waggner, 1941)
Esta música.
Loucura. Transformação imediata.
Quero mais.
Quem aconselha mais músicas para a insanidade?

domingo, janeiro 22, 2006

Miss Xangai

Está oficialmente aberto o meu novo blog dedicado exclusivamente à minha experiência Xangai

www.missxangai.blogspot.com

quarta-feira, janeiro 18, 2006

Bar W.C

Depois não se admirem se eu voltar mais cedo!Um restaurante W.C. A família feliz a comer de um urinol!

terça-feira, janeiro 17, 2006

Dizer adeus é ficar de luto

Dizer adeus é ficar de luto. Já começou a despedida. Mas ainda cá estou. E a minha cidade está cá comigo. E os meus também. É assim como dizer adeus em câmara lenta, sem saber quando a fita parte.
Assim como aquele clip do Moby em que a alma carrega um corpo através de um manicómio. Muito devagarinho. Quase parado. Mas é um adeus.
Hoje estou com vontade de apanhar o próximo avião para Xangai e ir sem dizer nada. É sempre a melhor maneira de sair. Dói muito menos assim. É evitar morrer um bocadinho. É quase não chorar o luto.
Acho que estou finalmente a acordar...
Passar no Cais do Sodré e levar um forte estalo da florista.
"Então, está maluca?"
"Pá foi Deus, é para acordares!".

sexta-feira, janeiro 13, 2006

Vapt,Vupt

É oficial. Ando a 1100 à hora. Entre trabalhar das 9 às 5, e depois aulas de línguas, e depois mais um jantarzinho aqui, uma despedida ali, um aniversário acolá (que isto de primavera + 9 meses, dá festas que não acabam) , mais os trabalhos que ainda tenho pendentes, mais começar a arrumar a casa, as malas, tratar de papelada e burocracia....
Sempre gostava de saber quando vou parar para pensar que vou MESMO para o outro lado do mundo. Que isto não era a fingir ....
Se calhar só lá.
Alguém me acorda?

terça-feira, janeiro 03, 2006

Erasmus

Estas são a primeira e última fotografia que tenho com a Elise, a minha chiquita francesa do coração. Na primeira noite em Valladolid em 2002 e no jantar de despedida de ontem em Barcelona.
Pensar em tudo o que passámos juntas e todos os que já passaram por nós. Noites,noites, madrugadas,dias,mortes, pessoas novas,amar,amar e às vezes desamar, beber um bocadinho,encontros,rir até às lágrimas,trocar roupa,fazer confissões,beber só mais um bocadinho,provar,dizer que nem por isso, mostrar que estás igual. Ou até mesmo que não.Que até pareces mais velha, e o Benoît assim, e o Rik assado. E a Mariana que se vai casar!E também viste esse filme.Quais 'bonecas russas'.Nada a ver.O que é 'colote'?Tchiiiii,esta música!Absinto. Tás doido, o porteiro era Alfredo, tenho a certeza. Trazer coisas da rua. Ficar com recordações de toda a gente. Discutir até saltar a veia e acabar tudo aos abraços. Que sabes que eu te amo, pá mesmo. A sério. Ou se calhar é das horas...
O fim de ano em Barcelona foi um micro-erasmus.
Vim-me embora sem acordar ninguém.O tradicional bilhete de despedida deixado em cima da mesa da sala, a tentar não pisar ninguém. Saudades. Sei que quando menos esperar volto a sentir tudo isto outra vez.
E pensar que ainda há pessoal que hesita fazer Erasmus...
Meus amigos,não é um ano, é para a vida!