domingo, outubro 30, 2005

Contacto

É mesmo quando menos se espera que as coisas acontecem. Vou literalmente ser lançada no mundo. Soube que entrei no programa Contacto, que espalha jovens licenciados pelo planeta, ora Nova Iorque, ora Papua Nova Guiné. Ora Aiamonte, ora Sidney. Já fiz Erasmus,já voltei há 3 anos.Agora estou de regresso ao estrangeiro, que em pequenina pensava que era um país.
No próximo domingo começa uma reclusão de preparação intensa, género Big Brother. E no dia 18 vem um envelope com o nome do destino, género guerra.
Ao que parece a minha vida vai dar uma volta, e já cá aparece.
Alguém me dá a mão?Alguém me tapa à noite?Alguém me corta o bife?

domingo, outubro 23, 2005

Metro do Chiado

Às vezes achava que se tivesses passado por minha casa depois daquela discussão, aos 16 anos, ainda hoje estaríamos juntos e para longe levaria o vento o homem que me respira. Depois cresci e tive certezas que o tempo apagou, aceitei o certo e fechei os olhos, na esperança que a vida fosse paralela ao azar. Engravidei jovem, acordei velha e nunca mais me lembrei que aos 16 a vida corre doce e a morte está longe. Devia ter sido eu a passar por tua casa, a subir ofegante as escadas para te encontrar triste pela nossa distância. Mas deixei expirar tudo isso e hoje, depois de às 8 em ponto,te ter visto a descer o metro do Chiado com uma criança de bata pela mão, soube que a vida é clara. Nada virá a quem nada deu.
Que acontece a seguir?

sexta-feira, outubro 21, 2005

PUB

Sou bastante sensível à publicidade. Um bom anúncio deixa-me em êxtase. São micro-metragens...
Ora cá vai um exemplo disso.
1- O instalador de alcatifas A cena começa com um senhor a colocar alcatifas numa sala enorme na casa de uma velhota. Após horas de trabalho, acaba o serviço e vai fumar uma cigarrada quando repara que deixou o maço debaixo da alcatifa, bem no centro da sala. Decide começar a pisar o maço de forma a que não fique alto nenhum. Quando finalmente consegue entra a velhota e pergunta «Por acaso não viu o meu porquinho da china?»
E vocês? Algum em especial?

terça-feira, outubro 18, 2005

Pilates

Está bem que adoro Pilates, e está bem que faz maravilhas à alma e aos abdominais.
Mas o que dizer quando o professor pede « Façam vácuo no vosso soalho pélvico»?

sexta-feira, outubro 14, 2005

Caderno Vermelho

Há coisas que não se explicam, realmente! Aqui há uns dois anos estava à conversa com a tia de um amigo que, a propósito das ironias da vida e do Paul Auster, me disse :« Tens de ler o "Caderno Vermelho"».
É mesmo verdade que ele anda sempre com um caderninho vermelho onde vai anotando as coincidências, factos estranhos e acontecimentos bizarros que se passaram com ele ou de que ele teve conhecimento. Publicou um livro com o mesmo título onde compilou 13 histórias "do arco da velha". Eu sou suspeita para falar, mas é de ler para abrir a pestana.
Isto porquê?
Porque ontem estava com uns amigos que já não vi há algum tempo, num bar relativamente refundido, sentados em frente à porta. E conversa puxa conversa, começo a falar de uma situação particular que passei com um senhor, que não é meu amigo, que nem é da minha idade e que não tem especial importância na minha vida...E até nos estavamos a rir disso.
Quando ele salta porta dentro...
Credo!

quinta-feira, outubro 13, 2005

6000

Estamos a chegar às 6000 visitas.
Que se acuse o dizconversador* que cruzar a meta.
Hoje, depois de acordar de uma chuvada, apetece-me comemorar.
Descobri que a Belinha tem razão:
Uma alegria é feita dum tormento,
Um riso é sempre o eco dum lamento,
Sabe-se lá um beijo de onde vem!
F. Espanca

terça-feira, outubro 11, 2005

...

Em arquitectura sempre me ensinaram que ,no percurso, a memória faz parte do trajecto.
Sem ele acordaríamos a meio de um passadiço,o que não é real.
Real é o tempo.
Real é o espaço.
Real é seguirmos os pés e controlarmos a respiração.
Gozar com o corpo jovem.
O meu avô fez 83 anos. Parabéns Vô.

sexta-feira, outubro 07, 2005

3,2,1...Começou a votação

Portugueses e Portuguesas:
Após incontáveis semanas de preparação eis chegada a hora de júbilo em que tenho a honra de inaugurar a votação do primeiro DID- Desafio Interplanetário Dizconversando*- Assim como até agora, conto convosco para cumprir o destino que os astros me traçaram. Conto com a vossa sabedoria e discernimento absoluto nesta hora ímpar em que (emocionada treme o queixo...olha para o chão e prossegue) o futuro é aqui. Obrigada por estarem presentes, e obrigada por serem quem são.
clap,clap,clap,clap,clap,clap

segunda-feira, outubro 03, 2005

1º DID- 2ª parte

Eu já sabia da qualidade criativa dos dizconversadores*, gente de escrita afiada e imaginação fertil. Eu já esperava um leque variado de propostas, umas mais sãs outras mais à margem do correcto. Mas tudo foi ultrapassado, e eu não mereço. Por isso me vergo em gratidão e oficialmente lanço a segunda parte do desafio.
Reunidas17 propostas, agora teremos que chegar a cinco finais para depois ser feito um 'poll' com contagem providenciada por uma entidade oficial. Assim,nos comentários digam os 3 presentes que gostavam que ganhassem. Vamos ver o que dá. Cá vai a lista:
- spray que dá sotaque irlandês
-corta pêlos do nariz
-Trivial dos 100 anos do Benfica
-carregador de telemóvel à manivela
-tubo de pasta medicinal Couto
-Orbits laranja
-mesa de poker-porta chaves
-palmilhas Dr.Mertz
-disco vinil dos Ministars
-Ana Faria e os Queijinhos Frescos com "Brincando com os Clássicos
-Lápis com bico tricolor
-pega-monstros
-um gira-discos portatil de plástico
-uma caixa de Bombocas
-Caprisone
-Uma cópia autografada pelo autor, de "O velho que lia romances de amor"
-despertador com sons zen