domingo, julho 17, 2005

Porque será?

Hoje estava a observar o jogo linguísticó-mímico dos meus avós, que já estão casados há mais de 50 anos, e comecei a pensar porque tal sociedade vingou. E cheguei à conclusão que foi por um acumular de questões:
- a minha avó é baixinha,o meu avô é alto
-a minha avó é eléctrica, o meu avô calmeirão
-a minha avó tem um estômago fraquinho, o meu avô trabalha a pimentos
-a minha avó não dorme a sesta, o meu avô dorme a dele e a dela
-a minha avó tem os pés pequeninos e está sempre a cair,o meu avô não
-a minha avó é friorenta,o meu avô tem umas mãos sobrenaturais que irradiam calor
-a minha avó vai para a praia de fevereiro a setembro, o meu avô nem molha os pés
-quando o meu avô se esquece de tomar o comprimido,a minha avó toma por ele
Parece-me que são razões fundamentais óbvias que fundamentam a longividade desta relação
ha, e gostam muito um do outro....

4 Comments:

Anonymous nº63 said...

O amor eterno existe... Que saudades dessas cumplicidades... ;)

5:16 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Palmas para o amor eterno (será que cada um de nós vai ganhar essa luta? "Quanto são? Quanto são? Eu não tenho medo de ninguém"... nos dias que correm já seria porreiro atirar a primeira pedra).

Palmas também para o hino do presidente Vieira. De emocionar qualquer um e qualquer uma...

7:10 da tarde  
Blogger nokas said...

amei este post. viva o amor!! :D

11:09 da manhã  
Blogger carine said...

Se soubesses o que essa ilustração me recorda!...
Já vi fazerem uma intervenção com base nessa imagem. Uma coisa de loucos! Do genero, o que ta a preto é edificado, o dourado espaço verde,...
Autoria de uns alunos de arq em Veneza... Claro era um casal completamente apaixonado...

Boa escolha!

3:30 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home